forbes-transferwise
Apps para viagem,  Câmbio,  Dicas,  Economia na viagem,  Planejamento

Qual o melhor cartão internacional: Nomad, Revolut ou Wise

Entenda tudo sobre os cartões para viagem de débito internacional mais usados atualmente!

Viajar para fora do país requer alguns cuidados específicos, que normalmente não precisamos nos atentar quando estamos conhecendo o Brasil. Além de escolher um bom seguro viagem, outro ponto importante é em relação ao financeiro: levar tudo em dinheiro de uma vez? Fazer a cotação no próprio país? Ou até mesmo levar um cartão para viagem específico para destinos internacionais?

Por ser uma opção mais prática e mais versátil, muitos turistas preferem optar por levar um cartão para viagem válido para compras internacionais. Hoje em dia no mercado já existem várias alternativas mas, como o assunto envolve dinheiro, é preciso pesquisar bem sobre qual a melhor empresa para você

Assim, pensando em te ajudar a fazer a melhor escolha, reunimos aqui três melhores empresas e montamos um comparativo entre o cartão para viagem: Wise x Nomad x Revolut

A seguir você irá encontrar as especificidades de cada um, seus pontos fortes e fracos e outras informações importantes. Boa leitura!

Cartão Wise

Para quem já teve que realizar ou receber uma transferência financeira internacional o nome Wise não é totalmente novo.

Certamente você já deve ter ouvido falar em TransferWise, uma das formas mais usadas de transferir dinheiro de um país para outro hoje em dia. Por ter taxas atrativas atraiu muitos clientes, até que recentemente lançou seu próprio cartão para viagem de débito internacional. 

O lançamento do cartão Wise aconteceu em dezembro de 2021 aqui no Brasil e agora já é uma realidade para quem realiza viagens ao exterior com frequência. Para solicitar seu cartão é simples, é preciso somente abrir sua conta Wise online. 

Clique aqui para fazer a sua conta e ganhar a primeira transferência sem nenhuma taxa adicional.

Benefícios do cartão Wise

O novo lançamento, faz parte da conta multimoeda Wise, sendo possível manter e converter mais de 50 moedas. Alguns dos benefícios mais marcantes dessa ferramenta são:

  • Realizar compras físicas ou online no exterior a partir da sua conta Wise, sem a adição de taxas;
  • Fazer uso do cartão em mais de 150 países ao redor do mundo e em mais de 200 na modalidade online;
  • Abrir uma conta no exterior;
  • Pagar 1,1% de IOF em transações internacionais;
  • Fazer uso com Google ou Apple Pay,
  • Sacar dinheiro em qualquer lugar.

Como funciona o cartão Wise?

Esse cartão tem uma funcionalidade muito simples e direta, sem complicações e burocracias que frequentemente encontramos em questões financeiras. Para “carregar” seu cartão basta transferir dinheiro da sua conta bancária brasileira, em reais, para o Wise. 

Na hora de realizar compras internacionais, o próprio cartão realiza a conversão de acordo com a melhor taxa do mercado. Ao realizar uma compra ou transferência, surge uma notificação imediata no aplicativo para celular explicitando valor convertido e taxas pagas, tudo bem seguro e descomplicado. 

Cartão Nomad

Assim como a Wise, a Nomad Digital é um banco que iniciou sua atuação no mercado financeiro internacional através das transferências internacionais. De maneira simples, a Nomad Global nada mais é que uma conta digital que oferece ao titular internacional operar em dólares como se estivesse nos EUA.

Desse modo, as transações para contas norte-americanas são viabilizadas, sendo possível enviar e receber dinheiro, além de realizar pagamentos e diversas operações financeiras.

Incluído na conta está o recebimento do cartão para viagem de débito internacional Nomad, que pode ser solicitado na versão física ou virtual. 

Clique aqui para fazer a sua conta e use o cupom EUVOUPORAI para ganhar U$10 de cashback.

Benefícios do cartão Nomad

Com o cartão de débito internacional é possível realizar compras e saques no exterior, tanto fisicamente quanto online. Além disso, também é possível vinculá-lo a uma carteira digital e realizar compras em lojas físicas que recebam esse tipo de pagamento. 

Para ter seu próprio cartão Nomad digital é necessário apenas ter o aplicativo no celular e criar uma conta.

Por outro lado, para receber o cartão físico é preciso fazer a solicitação através do aplicativo e também possuir saldo em conta. O prazo de entrega é de até 30 dias. Outros benefícios importantes do cartão Nomad são:

  • Não existe taxa de abertura, manutenção, anuidade ou inatividade;
  • Uso do câmbio em cotação comercial e IOF a 1,1%;
  • Pagamento para compras online ou em lojas físicas através do Google, Apple ou Samsung Pay;
  • 100% digital;
  • Possibilidade de investimento na Bolsa de Valores norte-americana;
  • Aceito em 40 países, principalmente da América e Europa;
  • Possibilidade de saque nos EUA,
  • Conta digital em dólar.

Como funciona o cartão Nomad

Apesar de ser um cartão de uma conta norte-americana e oferecer toda a facilidade para o titular de realizar transações em dólar como se estivesse nos Estados Unidos, é possível realizar compras em moedas diferentes. 

Ao fazer uso do seu cartão para compras físicas fora dos EUA, sempre selecione a opção de pagar na moeda local na hora do pagamento. Dessa maneira, é aplicada a cotação da bandeira Mastercard para o câmbio, evitando um gasto desnecessário de dinheiro. 

Cartão Revolut

Também em formato de banco digital, a Revolut lançou um cartão para viagem de débito internacional para facilitar a vida dos viajantes mundo afora, visto que essa é a melhor forma de levar dinheiro na viagem.

A empresa disponibiliza aos clientes um cartão de débito pré-pago, com bandeira MasterCard ou Visa, câmbio e permite a criação de carteiras virtuais com diferentes moedas

Apesar da empresa ainda não atuar no Brasil, sua chegada por aqui não deve demorar muito. No site brasileiro da empresa é possível se inscrever em uma lista de espera para saber todas as novidades e a data de lançamento do serviço. 

Clique aqui para fazer a sua conta.

Benefícios do cartão Revolut

Oferecendo taxas atraentes e saques sem custo, a Revolut promete baixo custo competitivo no mercado. Ao redor do mundo já são mais de 4 milhões de usuários e pode ser considerado um grande concorrente dos bancos tradicionais. Veja outras vantagens:

  • Para moradores da Europa, é possível fazer uso do cartão em mais de 150 países;
  • Possibilidade de realizar remessas para outras contas bancárias;
  • Taxa de câmbio aplicada é a real;
  • Possibilidade de abrir conta em euro e libras;
  • Possibilidade de gastar e sacar diversas moedas ao mesmo tempo;
  • Não ocorre cobrança de taxa,
  • Carregamento de conta vinculada ao cartão de forma gratuita. 

Como funciona o cartão Revolut 

O cartão Revolut pode ser solicitado a partir de um dos 150 países da lista. O Brasil ainda não integra esses nomes, entretanto, não será assim por muito mais tempo. Atualmente o Revolut oferece três tipos de plano e o cartão pode ser solicitado a partir de qualquer um deles. 

Seu funcionamento é bem parecido com o dos cartões anteriores. O câmbio é feito na hora da compra na moeda local onde o cartão está sendo utilizado. Apesar do cartão ser gratuito, a ativação da conta requer o carregamento de 10€.

Comparativo entre cartão Wise x Nomad x Revolut

Atualmente, existem ótimas opções de cartão para viagem internacionais para quem vai viajar para fora do Brasil. Com a facilidade das contas digitais ficou muito mais simples e menos burocrático carregar dinheiro de um país para o outro.

Se você está pensando em fazer uma viagem pelo velho continente nos próximos meses, não deixe de ler nosso artigo sobre como viajar barato pela Europa

Por isso, ao planejar a sua viagem é possível analisar suas necessidades e preferências para optar pelo melhor cartão para você. Confira a seguir alguns tópicos comparativos entre o cartão Wise x Nomad x Revolut que preparamos. 

Abertura da conta e solicitação do cartão 

De forma geral, tanto a abertura de conta quanto a solicitação do cartão de débito internacional dos dois bancos é muito simples. Basta realizar o pedido através do aplicativo, após a criação da conta, é claro. 

Apesar do Nomad ser mais voltado para o público que viaja mais para os Estados Unidos, não é necessário fornecer um endereço do país.

A maior diferença entre os dois é que, para solicitar o cartão Nomad é preciso ter saldo em conta, não importando quanto. Já para solicitar o cartão Wise, é preciso ter R$ 25 em conta no mínimo. 

Enquanto isso, o Revolut não cobra pela solicitação do cartão mas sim pela entrega. Como ainda não está disponível no Brasil, não foi possível simular o custo do envio para cá. 

Câmbio utilizado e taxa de transferência 

Os usuários do cartão Wise e Revolut pagam taxa de câmbio média do mercado para converter seu dinheiro, enquanto os usuários Nomad pagam a taxa estabelecida pela bandeira Mastercard na hora da transação. 

Nesse quesito, os usuários Wise saem na frente, visto que uma das bandeiras da empresa é oferecer aos seus clientes uma das taxas de câmbio mais baixas do mercado, se tornando uma opção mais econômica que a maioria dos bancos tradicionais. 

Países aceitos e taxa de saque

A diferença entre os três cartões aqui surpreende. Enquanto o Wise e o Revolut são aceitos em mais de 150 países, de forma física, o Nomad funciona em pouco mais de 40 países. 

Como vimos até aqui, o foco desse último é mais o público que viaja muito para os Estados Unidos, visto que muitos benefícios oferecidos são voltados para esse país. Entretanto, o Nomad ainda pode ser utilizado em outros lugares, mas se você pretende conhecer o mundo todo, o Wise pode ser a melhor opção.

A taxa de saque da Wise varia, visto que seus usuários têm até dois saques gratuitos por mês de até R$1.400 de valor total.

Caso o cliente ultrapasse os dois saques, é cobrada uma taxa de R$6,50 por operação. Além disso, caso o valor retirado seja maior que o total estabelecido, é cobrada uma taxa de 1,75% sobre o montante retirado. 

Já para os usuários Nomad, não existe taxa de saque. É possível sacar até US$ 500 por dia em qualquer ATM que aceite Mastercard nos mais de 40 países onde o cartão é aceito.

Se alguma taxa for cobrada, será do caixa eletrônico e não do cartão. Uma outra vantagem é o fato dos usuários poderem realizar saques em qualquer ATM da rede Allpoint nos EUA sem a cobrança de qualquer taxa. 

Para os clientes Revolut, estão liberados saques de até €400 por mês. Ao ultrapassar esse valor é cobrada uma taxa de 2% a mais. Os saques podem ser realizados em todos os países onde o cartão é aceito. 

Resumo dos cartões para viagem: Nomad, Revolut e Wise

WISENOMADREVOLUT
Atua no Brasil?SimSimLista de espera. Entra em operação em julho.
Atuação em paísesAproximadamente 150Aproximadamente 40Aproximadamente 150
Tipo de cartão Débito internacionalDébito internacionalDébito pré-pago internacional 
MultimoedaSimNão (só dólar)Sim
Taxa de adesão NãoNão Não
CashbackNãoSim (U$10 para ativação dentro de um período de 15 dias após o cadastro)Não
Possibilidade de saqueSimSimSim
Taxa de transferência Sim Sim Sim
CâmbioComercial Câmbio diário definido pela MastercardComercial
IOF1,1%1,1%1,1%

Simulação de transferência 

As três empresas iniciaram suas operações realizando transferências internacionais. Fizemos uma simulação de transferência de R$ 1000 para dólar para comparar a diferença entre taxas e o câmbio utilizado por cada uma. 

Wise 

A Wise atualmente conta com três modalidades diferentes de transferência: a transferência padrão, a transferência rápida e fácil e a transferência de baixo custo. Fizemos uma simulação de envio de R$ 1.000 reais em cada uma das modalidades para você entender a cobrança das diferentes taxas em cada uma. 

Veja: 

Cartão para viagem
Cartão para viagem

Revolut

Já a Revolut oferece apenas uma modalidade de câmbio para realizar simulação em seu site. Comparativamente, oferece uma taxa mais atrativa que a Wise, no entanto, a empresa ainda não está realizando operações no Brasil. 

Cartão para viagem

Quadro comparativo da simulação (com R$1000)

NomadWiseRevolut 
U$ 203,58US$ 204,92 – US$ 211,06
(a depender da modalidade de transferência escolhida)
US$ 215,89

Muito diferente do cenário de alguns anos atrás, nós viajantes temos ótimas opções no mercado para transportar dinheiro de forma prática e segura na hora de viajar. Quanto menos burocrático se torna esse processo de pagamento internacional, mais fácil e acessível se torna viajar por aí. 

Se você curtiu este artigo e se interessou pelo assunto, não deixe de visitar nosso blog. Por lá você irá encontrar várias dicas e temas interessantes que vão te ajudar muito na programação da sua próxima viagem.  

Um comentário

  • Dan

    Muito obrigado por todos os detalhes e ensinamentos. Foi muito completo esse conteúdo apresentado sobre as 3 empresas. Eu não sei se li errado, mas no site da Nomad, fora o IOF de 1,1% ainda tem 2% de taxa de serviço. Se em cada transação for cobrado 3,1% então o Nomad perde muito em relação aos outros dois, pois soma ainda o câmbio pior. Correto?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*