fbpx
Asia,  Curiosidades,  Dicas

10 curiosidades de Rishikesh, Índia

Rishikesh é uma cidade localizada no norte da Índia, muito conhecida pela yoga e meditação. Porém, esse lindo local possui uma infinidade de atrações a serem descobertas. Nesse artigo, vamos mostrar 10  curiosidades de Rishikesh, no intuito de apresentá-la e mostrar um pouquinho dos seus fantásticos atrativos. Para isso, fique conosco e aproveite a leitura!

A Índia é um país enorme e com uma infinidade de locais turísticos para serem visitados. É nesse contexto que se insere Rishikesh, uma linda cidade localizada ao norte do país, aos pés da Cordilheira dos Himalaias. Na leitura a seguir, vamos mostrar 10 curiosidades sobre Rishikesh, na esperança de colocá-la na sua lista de viagens o quanto antes! 

Para isso, trouxemos uma série de informações valiosas e curiosas sobre a cidade e suas opções de turismo e lazer. Além disso, deve-se destacar que Rishikesh é uma cidade conhecida a nível mundial, o que faz com que essa atraia turistas de todas as partes do mundo, o que confere à cidade um ar internacional super bacana, mas sem perder as características locais.

Assim, além do presente artigo, confira alguns outros sobre esse tema que já publicamos no nosso blog, como:

Portanto, pegue essas dicas e vamos embarcar para conferir 10 curiosidades sobre Rishikesh!

Onde, na Índia, fica Rishikesh?

Rishikesh é uma cidade, um Conselho Municipal e também uma divisão administrativa indiana no estado de Uttarakhand. Ou seja, já percebemos por aí que a cidade possui um papel de destaque no estado indiano.

Ela está localizada no norte do país, mais especificamente aos pés da Cordilheira do Himalaia. Isso faz com que essa região seja repleta de montanhas e, com isso,  possua uma grande quantidade de belas paisagens, com montanhas cobertas por vegetação, rios e vales.

Falando em rio, a gente deve destacar que o famoso Rio Ganges corre nesta cidade, e que esse é extremamente limpo, uma vez que atravessa a cidade no início de seu percurso, antes de receber uma série de rejeitos. Assim, a água desse rio tão sagrado para os indianos é um azul lindo.

A gente ainda pode destacar que, para aqueles que desejam visitar a cidade nos meses de frio (entre o final e o começo do ano, uma vez que essa cidade está localizada no hemisfério norte, no qual o inverno é entre dezembro e fevereiro), é importante levar um casaco reforçado. 

Isso porque Rishikesh está localizada bem ao norte do país, o que faz com que as temperaturas médias no inverno girem em torno de 5 a 17 graus. Portanto, caso você tenha planos de visitar a cidade  nessa época, é bom tirar o casaco do armário!

A Yoga em Rishikesh

Dentre os diversos motivos para conhecer essa cidade indiana, a yoga com certeza deve ser o motivo pelo qual essa cidade é mais conhecida. Rishikesh é uma das cidades mais famosas do mundo para aqueles que gostam de praticar essa atividade, com turistas de toda a parte do planeta visitando essa região com seus tapetinhos.

Lá, existem diversos centros de yoga, com diversos turistas e estudiosos desta prática visitando e se instalando na região. Por esse motivo, Rishikesh é conhecida como a “capital mundial da yoga”, um título muito querido por todos os indianos

A meditação em Rishikesh, muito ligado com a yoga, é muito praticada. Acredita-se que essa é uma das regiões mais propícias para se atingir uma iluminação espiritual, o que é conhecido como Moksha. Esse seria um fenômeno de dissolução do ser individual Igor de uma transcendência do fenômeno de existir.

Esse fenômeno é muito buscado e valorizado em Rishikesh, não só devido a essa atmosfera histórica propícia para a meditação e yoga, mas também por causa da localização dessa cidade às margens do rio Ganges. Esse rio é tido como sagrado pelos indianos, que o veneram na forma da deusa Ganga e possui um valor histórico sem comparação.

Desse modo, a yoga, aliada a meditação e um mergulho no rio Ganges, são atividades vistas como sagradas e de extremo valor espiritual e religioso para os hindus e para aqueles que visitam a cidade, com esse objetivo de iluminação.

10 curiosidades sobre Rishikesh

Feitas as devidas introduções a essa cidade indiana, vamos adentrar no tópico principal do nosso artigo, que é trazer 10 curiosidades sobre Rishikesh. Vamos  abordar uma lista de diversas informações importantes e curiosas sobre essa bela região.

Os Beatles se hospedaram nessa região

A famosa banda britânica visitou o Ashram de Maharishi Mahesh Yogi (um guru indiano) em 1968. Essa famosa visita levou, inclusive, John Lennon a gravar a música “The Happy Rishikesh Song”!

Além disso, eles compuseram outras diversas canções durante essa estadia, muitas delas estando presentes no “Álbum Branco”, o décimo álbum de estúdio da banda. 

Hoje, não é possível se hospedar nesse Ashram, uma vez que está em ruínas.  Porém, ainda há muita arte nas paredes do local, o que faz com que seja uma experiência muito interessante,  especialmente para os grandes fãs da banda.

O Rio Ganges é transparente aqui

Muitos podem ter a imagem de um rio Ganges poluído e basicamente impossível até mesmo molhar os pés. Porém, como dito anteriormente, esse rio nessa altura da cidade é extremamente limpo e, nas redondezas de Rishikesh, é até cristalino.

Mesmo sendo turista, é possível molhar os pés e até mesmo mergulhar nas águas desse rio sagrado, o que pode ser uma experiência mística para muitos, assim como os hindus acreditam ser.

A cidade está localizada aos pés do Himalaia

​​

Rishikesh está localizada no extremo norte da Índia, o que faz com que essa cidade faça fronteira com a região das gigantescas montanhas do Himalaia. A cidade está localizada a 340 m de altitude,  e é cercada por montanhas e vales,  o que configura uma linda paisagem natural ao seu redor. 

Sua população não é das maiores

Uma vez que a Índia possui a segunda maior população do planeta (passando de um bilhão de habitantes), podemos achar que a cidade de Rishikesh seria um exemplo de uma dessas cidades indianas superpopulosas. Mas esse não é o caso.

Rishikesh possui uma população de 100.000 habitantes na casa dos 100 mil habitantes, o que faz com que essa seja a sétima maior idade do Estado de Uttarakhand. 

A maior cidade, Dehradun, ao norte de Rishikesh, possui uma população de aproximadamente 715.000 habitantes, 7 vezes maior do que a população de Rishikesh.

Bebidas alcoólicas? Nada disso!

Existe uma política bem severa contra a venda de bebida alcoólica na região. Ou seja, você não irá encontrar nenhum comércio de bebida alcoólica em qualquer estabelecimento da cidade, nem ao menos em restaurantes.

Portanto, se bater aquela vontade de tomar uma cervejinha ou aquela caipirinha, melhor esperar terminar a viagem.

Carne? Nem pensar!

curiosidades de Rishikesh

Ainda na esteira dessas proibições existentes em Rishikesh, não podemos deixar de destacar que o comércio de carne de qualquer tipo também está proibido na cidade. 

Ou seja, Rishikesh é considerada uma cidade vegetariana, e isso é um motivo de muito orgulho para seus moradores e muitos de seus visitantes, que admiram e aplaudem essa medida.

Rishikesh possui muitos restaurantes 

Ainda no que tange a culinária da cidade, Rishikesh possui uma grande variedade de restaurantes de culinária indiana e, também, possui opções de restaurantes de comida japonesa, italiana entre outras. 

Porém, sempre lembrando que bebidas alcoólicas e carnes estão proibidas de serem comercializadas, inclusive carne de peixe!

Fique atento para as comidas muito temperadas e com ingredientes não muito conhecidos por nós brasileiros, uma vez que sempre há o risco de nossa barriga acabar e estranhar um pouquinho. Porém, não fique com medo, e aproveite para experimentar o máximo de comidas variadas possível.

O pôr do sol é super valorizado

Contemplar o grande astro ao pôr do sol faz parte de uma longa tradição na cidade, especialmente na beirada do Rio Ganges. 

É possível ver diversas pessoas fazendo suas orações e agradecimentos nesse momento, nas escadarias do sagrado rio. Esse é um momento de muita contemplação, tanto para os moradores quanto para os visitantes. 

É viável fazer rafting no Ganges!

Aqueles turistas que já aproveitaram toda a calmaria de Rishikesh, e agora buscam um turismo de aventura,  é possível realizar rafting no Rio Ganges. Esse é um esporte um tanto quanto radical e pode ser realizado nas proximidades da cidade.

Essa atividade é tão procurada pelos turistas que existem empresas especializadas na organização e realização desse esporte. Portanto, a oportunidade de realizar esse esporte radical em um rio lindo e limpo é aproveitada por centenas de turistas todos os anos.

A Ponte Lakshman Jhula tem de tudo!

curiosidades de Rishikesh

Essa ponte que cruza o Rio Ganges, é uma ponte inusitada, porque não passam somente carros em cima dela. “Ah, então passa pedestre também?” Sim, também é permitida a passagem de pedestres pela ponte, o que possibilita uma linda vista da cidade.

Porém, o que é inusitado é que,  além de carros e os próprios pedestres, é possível encontrar em cima da ponte vendedores, com seus carrinhos de produtos, e até mesmo vacas transitando pela ponte! 

Tudo isso sentindo a ponte balançar embaixo dos seus pés! E aí, vai ter coragem de atravessar? 

Rishikesh é um lugar que possui atrações para todos os gostos, desde aqueles amantes de yoga, passando por aqueles que desejam descansar e até mesmo para aqueles interessados em aventuras naturais.

E essas foram as 10 principais curiosidades sobre Rishikesh que preparamos para você conhecer um pouco mais sobre essa jóia indiana!

Assim, prepare-se para conhecer um pedacinho muito especial da Índia e do mundo, com muitas experiências fantásticas a oferecer!

E se você gostou do conhecer essas 10 curiosidades de Rishikesh, aproveite e acesse agora a página inicial do meu blog para mais dicas de viagem!

Aproveitando, vai lá e me segue no Instagram! Lá eu costumo publicar fotos, vídeos e diversas dicas de como aproveitar ao máximo suas viagens e a vida 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*